menu
Topo
Alto Astral

Alto Astral

Categorias

Histórico

Vênus está retrógrado: sua autoestima baixa e crushes do passado de volta

Universa

06/10/2018 04h00

Ele pode trazer algum ex de volta (Foto: iStock)

Vênus, o planeta do amor e dos relacionamentos , está retrógrado de 5 de outubro a 16 de novembro. Quem conheceu a astrologia de um ano para cá pode não estar tão acostumado com esse fenômeno, mas teremos que passar por ele e a hora é agora!

Diferentemente de Mercúrio, que fica retrógrado  – e apavora as pessoas – pelo menos três vezes por ano, Vênus entra em retrogradação a cada um ano e meio aproximadamente. Ambos são planetas pessoais, o que significa que seus efeitos são sentidos mais facilmente por todos nós.

Veja também

A retrogradação, na verdade, é uma ilusão de óptica. Do ponto de vista terrestre, é como se o planeta caminhasse para trás, andando na sombra. Como na Astrologia Tradicional tudo o que vemos no céu nos afeta, os períodos de retrogradação dos planetas trazem à tona uma revisão e um "andar para trás" dos aspectos que cada um deles rege. "Vênus fala do amor, da forma como lidamos com as nossas emoções e o espaço que elas ocupam em nossa vida. Fala também de vaidade e beleza. Esses temas vão começar a atrasar e trazer reflexões importantes durante a retrogradação", explica a astróloga e taróloga Paula Mariá.

Ela conta que é mais fácil sentir a movimentação de planetas pessoais pelo fato de estarem mais próximos de nós. Além disso, são efeitos que vão embora assim como chegam: rapidamente. Diferentemente de planetas geracionais, que ficam anos retrógrados  e podem fazer transformações mais profundas. "Vênus vai estar retrógrada em Escorpião, depois em Libra. Do ponto de vista escorpiano, o fenômeno nos coloca para pensar em um nível muito profundo. A tendência é que o momento cause bastante reflexões existenciais, que pode causar desconforto por entrar em questões muito profundas do nosso ser", diz a astróloga.

Momento de encarar as sombras

"Todos os períodos de retrogradação são um pouco gestacionais. A gente se volta para dentro, repensa as coisas que até então pareciam certas, mas viram um ponto de interrogação. Será que eu não era mais feliz antes? Será que eu consegui fechar aquele ciclo com aquela pessoa? Eu sei o que estou fazendo com esse relacionamento?  Como eu me imagino daqui 5 anos com meu atual parceiro? Todos esses questionamentos surgem agora", alerta Paula. Para ela, vamos precisar encarar nossos próprios medos, aqueles mais profundos e que não queremos mostrar para os outros.

Outro assunto que também pode virar pauta é dinheiro . Isso porque, muito do dinheiro gasto tem a ver com o que entendemos como posse, com o que satisfaz nossas vaidades e como nos agradamos – assuntos totalmente venusianos. Você consegue pagar as suas contas? Seu trabalho te satisfaz? Porém, não é um período bom para grandes investimentos financeiros.  A astróloga relembra que é importante cuidar da autoestima e do senso de valorização pessoal para que ninguém tome decisões precipitadas.

"Acredito que essa retrogradação vai trazer uma solidão muito grande, mas que pode ser abraçada e trazer a percepção de que somos seres únicos e de como é importante a gente se responsabilizar sobre nós mesmos e as relações que construímos", diz. Além disso, a tendência é que a gente tenha uma síndrome do patinho feito, com uma baixa significativa da autoestima. Por isso, também não é um período bom para fazer mudanças na aparência, já que existe uma dificuldade de adaptação. "Essa sensação também vai passar. É importante que a gente fique muito conectado com a nossa realidade durante a retrogradação e entenda que é um movimento de questionamento interno. Se estava indo tudo bem, não existe porque criar problemas que não existem."

A volta de um amor?

Com certeza os relacionamentos serão abalados e os crushes podem retornar das cinzas. A astróloga conta que é um momento de rever nossas relações antigas e como a nossa relação atual ou a forma que encaramos as relações reflete em nossa vida. Mas não se desespere caso chegue uma mensagem no whatsapp daquele ex que você nem lembrava que existe, alguns assuntos voltam para serem resolvidos de uma vez. "A primeira forma de lidar com esse período é entendendo que ele vai passar. Planetas retrógrados não servem para tomar decisões, servem para nos questionarmos e revermos as coisas."

Os signos que serão mais afetados pela retrogradação são os venusianos, ou seja, Libra, Touro e Peixes, que são regidos pelo planeta do amor. Paula Mariá destaca que, para saber como você será afetado, é preciso descobrir em que signo está Vênus em seu mapa natal e também a casa onde estão. Para descobrir essa informação, a data de nascimento geralmente é o suficiente e pela internet é possível gerar seu mapa. A astróloga conta como cada Vênus será afetada por essa retrogradação. Leia abaixo!

Vênus em Áries

O lado impulsivo de Áries emerge, criando situações de conflito para descarregar a energia. A autoestima é afetada e o prazer se torna uma busca imediatista e inconsequente.

Vênus em Touro

É uma das mais afetadas pelo trânsito pelo fato de Vênus ser regente de Touro. O excesso típico de Touro transborda na tentativa de suprir a carência com gastos excessivos, gula e prazer a qualquer custo. Também entra em contato com seu lado ciumento e apegado.

Vênus em Gêmeos

O lado "garanhão" da Vênus em Gêmeos se mostra em um período confuso, no qual sente falta de novidades, mas sem paciência nenhuma para lidar com a profundidade do amor.

Vênus em Câncer

Conflitos com a dependência, relações familiares e carência afetiva surgem neste período. A Vênus, romântica por natureza, se mostra desiludida e pessimista em Câncer.

Vênus em Leão

A autoestima é afetada e a criatividade estará em baixa, o que gera insegurança afetiva. Período muito sensível a críticas e a opinião alheia para Leão.

Vênus em Virgem

A sensação de "superexposição" gera desconfiança e desconforto nessa Vênus, que pode precisar de mais recolhimento durante o trânsito. Cuidado com as paranóias e pensamentos obsessivos, nativo de Virgem.

Vênus em Libra

Uma das mais afetadas pelo trânsito, por Vênus ser regente de Libra. Período desarmônico cheio de altos e baixos, marcado por indecisão, carência, desilusão e conflitos com a idealização do amor, típica dessa Vênus.

Vênus em Escorpião

Conflitos com a própria sexualidade emergem, bem como uma insatisfação crônica. A falta de fé nas relações abre espaço para o lado manipulador de Escorpião se manifestar.

Vênus em Sagitário

A sensação de não se encaixar nas relações desperta o lado mal humorado e extremamente crítico com as pessoas ao redor da Vênus em Sagitário, o que aparece quando se sente incompreendida.

Vênus em Capricórnio

Questões de status social e aparências entram em conflito, e será preciso um novo olhar para a realidade. A tendência para Capricórnio é um impulso à ostentação material na tentativa de suprir a confusão emocional.

Vênus em Aquário

Contradição é a palavra da vez para a Vênus em Aquário, que pede por socialização, ao mesmo tempo em que se sente extremamente sozinha. A "síndrome do patinho feio" também marca o período.

Vênus em Peixes     

Se sente muito vulnerável às energias e emoções alheias durante o trânsito. Autoestima e carência também são afetadas, é preciso tomar cuidado com estados maníacos ou muito letárgicos, Peixes.

Camila Eiroa, em colaboração para Universa

Sobre o blog

Curiosidades, listas e previsões: tudo sobre os signos do zodíaco.