menu
Topo
Alto Astral

Alto Astral

Categorias

Histórico

A quaresma está pesada para você? Veja como se proteger nessa época

Universa

2014-03-20T19:04:00

14/03/2019 04h00

Sal grosso na porta protege a casa inteira (Foto: iStock)

Quaresma é o período dos 40 dias que antecedem a Páscoa. Teve início na Quarta-Feira de Cinzas, marcando um tempo profundo para a liturgia. Para os cristãos, principalmente os ortodoxos, seria uma época de preparação para comemorar a ressurreição de Jesus, com muitas orações, jejum e silêncio.

No entanto, graças a outras vertentes espirituais, o período ganhou fama mundialmente como sendo de baixa vibração e perigoso para as energias. Mas o que será que acontece nestes dias?

Veja também

Por ser logo após o Carnaval, a famosa festa da carne, muitos espiritualistas acreditam que são dias que pedem mais atenção e recolhimento, mas não necessariamente pela comemoração que acontece na Páscoa.

"O Carnaval é um momento em que as pessoas abusam muito; do álcool, das festas, do sexo e das drogas. Essas atitudes acabam por aproximar mais espíritos de baixa vibração da Terra", conta a Cigana Kelida, dirigente espiritual da Casa Maria Madalena. Ela explica que, depois de dez dias da folia, se inicia um processo de limpeza na Terra. Crimes, delitos e doenças que aconteceram durante a festa começam a aparecer.

Para a cigana, antigamente as pessoas tinham mais medo — e talvez mais respeito — pela Quaresma. Muitas não ousavam sair de casa em determinados horários, ir em festas e até mesmo cortar o cabelo. "Era o momento de deixar as coisas 'do mundo' de lado para ficar mais próximo da família e se espiritualizar.

Hoje passou a ser uma data muito banalizada, o que tem tudo a ver com o momento da humanidade que estamos vivendo. Ninguém olha mais para o próximo e, às vezes, não olha nem mesmo para si", diz.

Na história, esses 40 dias eram vistos como o período ideal para que os pecadores pudessem voltar à fé, por isso era comum jejuar e fazer promessas de privação em que hábitos eram postos em prova por um objetivo maior.

Há quem tenha essa cultura ainda hoje, mas Kélida acredita que, de nada adianta fazer penitência, se o verdadeiro objetivo por trás dessas atitudes está esquecido. Em princípio, o intuito deve ser refletir sobre emoções negativas que devem ser limpas e fazer uma purificação de dentro para fora.

Purifique-se

"As pessoas acham que os espíritos pouco evoluídos são feios, ou que fazem os outros sofrerem. Pelo contrário, são aqueles que seduzem, instigam as pessoas a beberem, abusarem do sexo, mentirem e brigarem. Tudo o que acontece e está acontecendo nos últimos dias é influência de espíritos de baixa vibração.

Eles causam brigas, discórdias e confusões. Porém, se você está positiva, um espírito negativo não vai chegar perto de você", afirma a cigana, que faz questão de lembrar que primeiro as coisas se potencializam na Terra, depois na espiritualidade. É um reflexo.

A melhor maneira de aproveitar a Quaresma, independentemente de qualquer religião, é fazendo uma reforma íntima e tentando se afastar daquilo que é negativo ou excessivo. Comida, bebida, sexo e fofoca. Tudo o que é exagerado no ser humano deve ser deixado de lado.

"Fiquem atentos. Uma das coisas que eu recomendo na Quaresma é ficar 100% atento aos atos, pensamentos e pessoas que estão por perto. Querendo ou não, você acaba se abastecendo da energia de outras pessoas e, se estiverem em uma vibração menor que a sua, você acaba pendendo para a negatividade também."

A cigana ensina que é possível realizar rituais simples para se purificar durante a Quaresma. Fazer um exame de consciência e uma revisão do dia na hora de deitar é bom para potencializar as atitudes positivas e elevar o pensamento para que a busca seja por evolução. Já para a casa, um pratinho com sal grosso perto da porta de entrada pode barrar a entrada das energias negativas e criar uma camada de proteção para o lar.

"Também não coloque flores em casa, evite música alta, imagens apelativas e discussões. Não acender vela de forma alguma. Se houver cuidado para não deixar a vibração da casa cair, as pessoas que habitam o espaço também não vão entrar em uma vibração baixa. Meu conselho é usar esses quarenta dias para realizar essa reflexão e investir no autoconhecimento. Não precisa deixar de se divertir, é só fazer isso com consciência", finaliza Kélida.

Camila Eiroa, colaboração para Universa

Sobre o blog

Curiosidades, listas e previsões: tudo sobre os signos do zodíaco.