Topo
Alto Astral

Alto Astral

Categorias

Histórico

Por que Gêmeos, Libra e Aquário são signos para se inspirar

Universa

15/09/2018 04h00

Dá para aprender muito com os signos de ar (Foto: iStock)

"O ar dá movimento e leveza à vida. É aquilo que ninguém consegue tocar, mas que todos nós precisamos para viver. Pessoas de ar também são assim: passam como uma brisa; você não vê quando chegam, não sabe muito bem a hora em que vão embora, mas elas sempre trazem os ventos da mudança".

A definição acima, da astróloga Paula Mariá, descreve como são os nascidos nas casas do zodíaco regidas pelo elemento ar – no caso, Gêmeos, Libra e Aquário.

Veja também

Dentre as várias características compartilhadas pelos três signos, todos falam de movimento e, assim como o vento, despertam transformações coletivas. "Eles promovem mudanças, fazem com que a gente se mova e não fique parado no mesmo lugar", observa Paula.

Também despertam a reflexão, já que estão ligados ao raciocínio. "Essa movimentação que eles provocam acontece justamente porque pensam e fazem os outros pensarem sobre tudo – não é só trabalhar, é pensar sobre por que trabalhar; não é só amar, é pensar sobre as relações; não é só se alimentar, é pensar sobre a alimentação", exemplifica a astróloga.

É que, a partir do momento que refletimos, entendemos o que acontece em nossa vida e podemos avançar em determinado assunto. Tal maneira de pensar do elemento ar reflete na coletividade, uma vez que os três signos levam tudo para o campo da racionalidade. "Buscam o que é melhor para a sociedade e a maneira de fazer as coisas funcionarem no coletivo para todo mundo sair satisfeito", acrescenta a especialista.

Além disso, isoladamente, cada um dos signos de ar revela particularidades que são verdadeiras lições para todos os demais. Paula Mariá aponta quais são elas.

Gêmeos

  • A dualidade do signo é clara para os nativos de Gêmeos, que entendem as próprias diferenças e os pólos bons e ruins que formam a personalidade de cada ser. Ainda se reconhecem em situações e momentos diferentes da vida. Mais que isso, dão a oportunidade para os opostos se manifestarem, mudando a forma de pensar quando necessário, a fim de evoluir.
  • Acreditam que conhecimento não ocupa espaço e são extremamente curiosos. A mente geminiana não se limita a um assunto: os nativos gostam de descobrir a vida, de pesquisar mais, de saber sobre coisas que parecem muito diferentes, graças à peculiar curiosidade insaciável. A versatilidade própria de lidar com a vida também ajuda a se abrirem para novos conhecimentos.
  • Enxergam a comunicação como ilimitada e acreditam que todos têm algo interessante para falar, assim como para ouvir. Famoso por falar demais, o signo quer trocar, adquirir novas experiências através do olhar do outro e quer repassar aquilo que viveu, porque acredita que a comunicação ultrapassa fronteiras e rompe barreiras.

Libra

  • Reconhecem a importância das demais pessoas na própria vida. Os nativos de Libra sabem que, quando conhecemos o outro, nos conhecemos melhor e que ninguém se conhece verdadeiramente até se encontrar em outro – e enxergar nele aquilo em que se assemelha ou o que é diferente.
  • A diplomacia nata é um exemplo a ser seguido. Os nativos são ótimos na comunicação, na expressão, na busca pela linguagem adequada a diferentes situações – por isso são tidos como os grandes diplomatas do zodíaco. Utilizando (bem) a comunicação, quebram barreiras, rompem fronteiras e derrubam muros, para que mundos diferentes se comuniquem.
  • Librianos têm um estado de harmonia natural. É um signo venusiano, ligado à beleza e à leveza da vida. Por isso, os nativos se relacionam muito bem com as pessoas para evitar conflitos, porque entendem que não é preciso viver em guerra, sendo possível ouvir a opinião de um e outro e unir tudo de forma harmônica até encontrar um resultado prático e balanceado, que desperte diferentes sensações de beleza, de tranquilidade, de felicidade.

Aquário

  • A primeira grande lição de Aquário é o olhar para o todo, para a humanidade. Aquário é considerado um signo frio, com dificuldade em lidar consigo mesmo e com as pessoas ao seu redor. Entretanto, está justamente olhando para o macro. É, na verdade, um dos signos mais humanitários do zodíaco, pois está sempre pensando em como melhorar a sociedade, observando e tentando fazer do mundo um lugar melhor para todos.
  • Aquário inspira originalidade e ensina aos outros que não se deve desconsiderar nada do que for pensado. Para eles, nenhuma ideia é estranha a ponto de não ser dita ou que não possa ser transformada em algo real.
  • Os nativos são questionadores, no sentido de sempre perguntarem o objetivo de algo. A curiosidade de Aquário leva ao estudo da humanidade de uma maneira muito profunda e ajuda a entender como as pessoas podem realmente encontrar, dentro de si, soluções que muitos outros estão precisando.

Claudia Dias, colaboração para Universa

Sobre o blog

Curiosidades, listas e previsões: tudo sobre os signos do zodíaco.

Alto Astral