Topo
Alto Astral

Alto Astral

Categorias

Histórico

Tatuagem pode afastar a pessoa da espiritualidade? Márcia Fernandes conta

Universa

12/07/2019 04h00

(iStock)

Será que as tatuagens  atrapalham a nossa espiritualidade? Enquanto muitos ainda se baseiam em trechos da Bíblia para acusar pessoas tatuadas de impuras ou menos merecedoras de irem para o céu, ter o corpo marcado com desenhos ou símbolos se torna cada vez mais comum, o que inclusive pode ser considerado um resgate de práticas ancestrais realizadas por povos antigos.

Para a sensitiva Márcia Fernandes , o problema não está na tatuagem em si, mas no desenho que é escolhido. "Povos como os Vikings ou os Maoris sempre marcaram a pele de maneira sagrada. O problema da atualidade está em desenhos obscuros, sensuais e com palavreados chulos. Eles podem atrair espíritos funestos e sensualistas, que marcarão a psicosfera mental e perispiritual da pessoa até mesmo após sua desencarnação", diz.

Veja também

Desenhos como cruzes invertidas e de caráter denso podem atrair energias ruins a partir do momento em que são marcados no corpo. Já pensou nisso? Aquele simples sonho adolescente de tatuagem pode virar um verdadeiro amuleto negativo energeticamente falando. Porém, isso não quer dizer que a espiritualidade proíbe ou castiga quem tem tatuagens.

"Esse é um argumento dado para causar medo e gerar a dominação das pessoas. Se você tiver um caminho espiritual bom e for um ser humano louvável, o que vai prevalecer é a sua essência. O corpo é seu, a vida é sua. O que devemos evitar é o excesso e manter o bom senso", aconselha a sensitiva. Mas o que seria esse bom senso? Márcia dá a letra: "Tatuar algumas partes íntimas é um pouco complicado, né?".

Me arrependi, e agora?

Não é difícil encontrar pessoas arrependidas com suas tatuagens. Seja porque o desenho ficou feio, seja porque aquele símbolo ou até mesmo por que não faz mais sentido no momento presente. Se tem quem lide com isso como uma marca de algo já vivido, tem quem tente a todo custo ressignificar ou até mesmo apagar tatuagens como essas.

Segundo Márcia, a melhor maneira de lidar com arrependimentos é com uma bela dose de bom humor. Caso contrário, podemos atrair mais negatividade ao desenho que já existe. Cobrir a tatuagem com símbolos que representem o novo momento ou que tragam uma boa sensação é uma ótima técnica para elevar a energia.

"Sempre que fazemos uma tatuagem temos que pensar na intenção do símbolo, porque ele é um verdadeiro portal para ativar ou desativar nossa força. Tatuar um coração, por exemplo, atrai o amor. Um anjo, a proteção. Uma estrela, a esperança e a fé. O importante é sempre pesquisar a respeito da origem e da utilização do símbolo, porque isso se torna uma forma de magia mental e podemos atrair coisas boas para nós", revela a sensitiva.

Consequências

Antes de escolher uma tatuagem, o importante é lembrar que ela deve atrair bons pensamentos não só a você, mas também a quem olha para o desenho. Ele pode provocar medo, terror, raiva e ódio ou amor, ternura, sabedoria e doçura. Tudo depende de você. "Você torna o que a sua tatuagem mostra e, além disso, nosso corpo físico é um patrimônio divino. Não podemos abusar. Temos que ter precaução com aquilo que é feito."

Mesmo com tudo isso, a sensitiva faz questão de lembrar que temos o livre arbítrio e que não existe pecado pela espiritualidade. Por isso mesmo, cabe a cada um decidir individualmente o que é melhor para si mesmo. E não pense que ela só está falando de energia. "Imagina a pessoa tatuar um ideograma japonês achando que está abafando e quando descobre está escrito que ela é uma idiota? Complicado, né?", brinca.

Camila Eiroa, colaboração para Universa.

Sobre o blog

Curiosidades, listas e previsões: tudo sobre os signos do zodíaco.

Alto Astral