Topo

Histórico

Categorias

Como o ascendente interfere na vida dos geminianos

Universa

24/05/2019 04h00

(Foto: iStock)

Social, comunicativo, curioso, eclético. Talentoso e, às vezes, redundante. Assim é Gêmeos, o signo dos nascidos entre 21 de maio a 20 de junho, regido pelo planeta Mercúrio, mensageiro dos deuses no Olimpo.

Tais características, porém, tendem a sofrer interferências do ascendente que cada pessoa carrega, como a astróloga Serena Salgado, do Astrocentro (https://astrocentro.com.br/), explica a seguir.

Veja também

Gêmeos com ascendente em Áries

Antenado, ligeiro e, além de se comunicar com facilidade, tem rapidez mental e sagacidade. Isso pode fazer com que atropele a vida e as pessoas ao redor, mas garante vantagem para situações que pedem flexibilidade e inteligência. Às vezes, se mostra meio rude e mal-humorado, ao mesmo tempo em que é encantador e sociável. Com essa mistura, fazendo cada momento de um jeito, pode acarretar a fama de instável, o que não é de todo errada, já que Gêmeos é regido pelo elemento Ar e Áries, por Fogo. Tal combinação rende criatividade e ação, somadas à volubilidade e à irritação (por fazer tudo do mesmo jeito, por muito tempo).

Gêmeos com ascendente em Touro

A energia rápida de Gêmeos, vinculada ao zigue-zague do elemento Ar, com a energia de Terra do signo de Touro atrapalha e provoca conflitos para o nativo, que deseja ser livre, mas que perto dos 30 anos sente a vida ditando regras de segurança e estabilidade, o que o faz reduzir o ritmo. É claro que, ao se adequar à nova realidade, tudo pode melhorar, porque as indecisões e dualidade do signo têm que dar espaço para a segurança e estruturação que Touro impõe.

Gêmeos com ascendente em Gêmeos

Quando o ascendente e o signo solar são os mesmos, há naturalmente um realce do mesmo arquétipo. Neste caso, é fazer brilhar a energia de Gêmeos, que adora ter conhecimentos variados, graças ao leque de estudos, vivências, contatos e parcerias que faz ao longo da vida. É uma pessoa eclética por natureza, que adora estudar e abrilhantar a mente e sua comunicação de alguma forma. De modo geral, gosta de muita liberdade e mostra um lado dual da sua essência, alternando-se no comportamento. Detalhe: a posição de Mercúrio no mapa astral pode trazer algumas mudanças significativas para essa energia dupla.

Gêmeos com ascendente em Câncer

A mistura gera instabilidade pelo lado emocional e mesmo mental. Como os signos têm elementos diferentes, a mente afiada e que adora entender tudo de Gêmeos (elemento Ar), ao lidar com o campo emocional e visceral de Câncer (elemento Água), entra em um tipo de divisão interna. A mente analítica, aguda e lógica geminiana precisa se adaptar à intuição, sensibilidade forte e impressões sutis cancerianas, o que pode, é claro, gerar conflitos. Essa dualidade pode fazer que o geminiano seja mais entrosado com suas emoções.

Gêmeos com ascendente em Leão

Quando a pessoa de Gêmeos tem o ascendente em Leão, sua energia entra em combustão. A força do curioso geminiano, cheio de ideias e interesses, lida com a criatividade e a vontade ambiciosa leonina para crescer e expandir todos os talentos desses dois signos com muitos potenciais. Leão pode apresentar mais a realidade para Gêmeos, que geralmente é mais avoado e desfocado. Ambos adoram mil coisas, mas igualmente se cansam rapidamente das novidades. O ascendente dará mais carisma e positividade para o nativo e vai instigá-lo a buscar movimento e ação no mundo, deixando de lado seu excesso de questionamentos.

Gêmeos com ascendente em Virgem

A energia de Virgem traz para o geminiano uma ligação de parentesco, já que ambos os signos são regidos por Mercúrio. O ascendente pede mais estruturação por ser um signo de Terra e dá chance ao nativo de ser mais focado em busca do que quer, ou seja, ser menos leviano ou superficial e mais profundo, analítico e minucioso no que vai desenvolver, ajudando-o a construir seus objetivos.

Gêmeos com ascendente em Libra

A energia do signo solar em Gêmeos com a de Libra no ascendente traz à tona dois elementos do Ar, com pesos muito importantes no mapa natal. O geminiano é mais curioso e resistente a rotinas, afeto e tudo o que possa limitar ou cercear sua vida. Perto dos 30 anos, com a ação mais forte do ascendente, o nativo fica mais doce, suave e com necessidades amorosas mais intensas, focando nas parcerias e romances e até apostando no casamento. Também fica mais diplomático. Mas é uma mistura de signos que deixa a pessoa mais no mental do que na motivação, ponderando demais e tendo pouca ação.

Gêmeos com ascendente em Escorpião

Quando a mistura é entre Gêmeos e Escorpião, surge uma dificuldade, já que o signo solar gosta de ser o passarinho do zodíaco (é regido por Mercúrio, o mensageiro) e usa suas habilidades de um jeito mais leve e divertido. Com a entrada do ascendente em cena, a força da profundidade plutoniana (Plutão rege o signo) aparece. Assim, o geminiano começa a sentir uma intensidade grande emocional. Tudo se modifica, ele não consegue ser mais tão leve e surge nebulosidade. O autoconhecimento é necessário para unir a força de poder de Escorpião com a inteligência de Gêmeos.

Gêmeos com ascendente em Sagitário

A energia dos opostos complementares (Gêmeos se opõe a Sagitário) na roda do zodíaco) pode trazer muita agitação para o nativo, que tende a desejar muitas coisas ao mesmo tempo. A mistura do elemento Fogo (Sagitário) faz eco com o Ar (Gêmeos), provocando uma combustão. O movimento oscila – às vezes, os signos se complementam, às vezes, há conflito. Dosar sempre é o melhor caminho e a chave de uma positiva mistura para esses dois signos.

Gêmeos com ascendente em Capricórnio

Quando a energia de Terra, ligada a Capricórnio, entra após os 28 anos de forma firme e decidida na vida de Gêmeos, tudo o que parecia mais leve começa a pesar. O mundo das responsabilidades capricornianas bate à porta do menino geminiano. Na necessidade de empurrar as responsabilidades para mais tarde, com a chegada de Saturno, o regente de Capricórnio, pode parecer que tudo fica meio nublado, complicado e pesado. O nativo precisa crescer e o ascendente traz esse equilíbrio para o signo solar.

Gêmeos com ascendente em Aquário

A mistura é superinteressante: dois signos regidos por Ar, em busca sempre de muitas informações, estudos, bons amigos, conhecidos, conversas de mente abertas e filosóficas. Ambos têm muita abertura para entender a vida e as pessoas. Pontos fortes: a inteligência e a comunicação, muitos estudos, informalidade e a satisfação de trocar com amigos e pessoas a significância da vida. Pontos frágeis: tanto Gêmeos quanto Aquário falam muito, ou seja, são prolixos, retóricos, mentais em excesso, e não dão vazão para as emoções. Também são cheios de dúvidas. Com eles, muitas ações e ideias que não ficam pela metade.

Gêmeos com ascendente em Peixes

Geminiano adora estudar, ler, ir a palestras, eventos culturais e se interessa por todos os tipos de temas, mas aprecia seguir uma lógica, buscando um raciocínio mais linear. Peixes, por sua vez, sente, percebe, tateia, para chegar às próprias conclusões. A combinação dos dois significa muita imaginação e um mundo cheio de devaneios e muitas fantasias, com possibilidades de um despertar intuitivo, místico e espiritual. Isso traz mais sensibilidade, mas cria um conflito entre razão e emoção que, se bem temperadas, fazem o geminiano dar valor à mente e ao coração, ser mais sensível e de temperamento mais tolerante com a vida e as pessoas.

* Claudia Dias, colaboração para Universa

Sobre o blog

Curiosidades, listas e previsões: tudo sobre os signos do zodíaco.

Alto Astral