PUBLICIDADE

Topo

Histórico

Categorias

Por que os irmãos gêmeos podem ter personalidades tão diferentes?

Universa

22/08/2018 05h00

Elas são tão parecidas e tão diferentes! (Foto: iStock)

Uma das ferramentas mais importantes da astrologia é o mapa astral , também chamado de mapa natal, que pode ser resumido como o registro do céu no momento exato do nascimento de cada pessoa.

A partir da interpretação do posicionamento dos sol, da lua e dos planetas na ocasião, é possível identificar informações sobre perfil, desafios, tendências futuras e potencialidades de cada indivíduo. É praticamente o roteiro de uma vida toda.

Veja também

Tais detalhes costumam ser certeiros, mas esbarram numa dúvida diante do nascimento de gêmeos: por que irmãos que vieram ao mundo com diferença tão pequena de tempo revelam personalidades bem diferentes?

Como lembra a astróloga Ida Lîcciárdi, a astrologia é totalmente baseada em cálculos matemáticos, sendo o mapa astral a impressão digital de cada pessoa, que permite detectar o que é importante na vida de cada pessoa, inclusive entre irmãos que nasceram juntos.

Segundo ela, o comportamento deles não vai se basear apenas no parto conjunto, ou no fato de compartilharem o signo solar, ascendente ou a mesma lua. Ida explica que a totalidade das informações traçadas, considerando as informações dentro do mapa, vão determinar como será a personalidade de um e do outro.

Além do signo solar (que representa a bagagem interior de cada um), do ascendente (determina a personalidade) e do posicionamento da lua (associada às emoções), o mapa considera aspectos ligados aos planetas.

"A dança dos planetas naquele momento pode favorecer um lado e desfavorecer outro", pontua Ida, que deu à luz duas filhas univitelinas, nascidas com intervalo de apenas 1 minuto.

Como frisa a especialista, a astrologia é um estudo e uma ferramenta de autoconhecimento. "Só fazendo o estudo do mapa astral é que conseguimos entender cada personalidade, pois cada pessoa é única, com uma impressão digital, que não se repete nem em caso de gêmeos", afirma.

Ida trabalha com astrologia mundana e, também, com a cabalística. "Pela cabala, existe o lado espiritualista de um mapa. Espiritualidade tem a ver com uma pessoa que vai, através dessa ferramenta de autoconhecimento, procurar ser um ser humano melhor, vencendo os desafios que aparecem dentro deste mapa", explica.

Ida lembra que a circunstância de serem gêmeos não faz com que um irmão seja cópia do outro. A personalidade particular vai ser desenvolvida como a de qualquer criança. "Cada um tem sua individualidade, que precisa ser colocada e sinalizada. Por isso os pais têm que estar atentos ao mapa natal de cada filho", diz.

Sol e lua em destaque

No mapa, a lua representa nossa alma, a emoção de cada pessoa e é determinante na análise do mapa. Já o sol é a razão, a fonte da bagagem e o conhecimento que cada pessoa traz dentro de si. "Tem pessoas que podem desenvolver o lado do sol e tem quem deixe o lado emocional falar mais alto", comenta Ida.

Além disso, o mapa astral tem linhas vermelhas e azuis – as primeiras representam os desafios que cada indivíduo terá na vida, enquanto o segundo grupo tem a ver com o que faz essa pessoa crescer como ser humano.

"Alguns aceitam o desafio e vão em frente, para ser alguém melhor, para fazer felizes as pessoas que ama e para construir um mundo melhor. E tem aqueles que usam a zona de conforto, que sabem o desafio, mas não querem mudar", resume.

Claudia Dias, colaboração para Universa

 

Sobre o blog

Curiosidades, listas e previsões: tudo sobre os signos do zodíaco.

Alto Astral