menu
Topo
Alto Astral

Alto Astral

Categorias

Histórico

A hora é agora: o que cada signo deve deixar para trás, junto com 2018

Universa

29/12/2018 04h00

(Foto: iStock)

Chegou o melhor momento para listar as resoluções para o novo ciclo que começa daqui a pouco. Isso inclui pensar em novos projetos, mudanças de hábitos e correr atrás de sonhos que tragam algo de positivo para sua vida. Além disso, é a ocasião oportuna de deixar para trás tudo aquilo que faz mal ou é negativo para seu desenvolvimento.

Isso vale, inclusive, para todas as casas do zodíaco que possuem luz e sombra – e cabe a cada uma delas escolher em qual lado se posicionar. "Todas as nossas dificuldades podem ser superadas, do mesmo modo que nossas qualidades podem ser aprofundadas", pontua a astróloga Paula Arruda (Paula Arruda Astrologia, no Instagram).

Veja também

Como ela lembra, o início do novo ano é uma ótima oportunidade para abraçar novos desafios e abrir mão de características limitantes. Por isso, listamos agora do que cada signo deveria se despedir, junto com 2018, pois os impedem de avançar.

Áries: a ansiedade

O nativo de Áries precisa aprender a controlar o coração acelerado, que está sempre com urgência de tudo acontecer o mais rápido possível. O ariano terá de treinar a paciência e, em 2019, respeitar o fluxo natural da vida como um todo.

Touro: a teimosia

Se existe algo que Touro tem de se livrar de uma vez por todas é a mania de insistir em algo e a dificuldade de mudar de ideia. Deve parar de insistir em situações que não oferecem mais soluções e, no novo ano, se manter mais flexível e disponível para as mudanças que podem surgir em sua trajetória.

Gêmeos: a fofoca

O geminiano que gosta de falar da vida alheia necessita deixar essa mania ruim para trás. Quem é de Gêmeos tem dar um basta nos gastos de energia com essa prática. Em vez disso, pode explorar seu lado de "relações públicas" para conhecer gente legal, ir a lugares que sempre sonhou e se divertir bastante.

Câncer: a mudança de humor repentina

Para 2019, Câncer deve priorizar uma mudança de atitude, abandonando seu humor bipolar. Eliminar o drama da vida será um ganho e tanto, evitando o sofrimento real que atinge o nativo. Desta maneira, vai conseguir se manter mais autocentrado e consciente sobre onde investir energia.

Leão: a competitividade

Não é legal o nativo ter obsessão de ser melhor o tempo todo. Em vez disso, Leão só tem a ganhar se deixar de lado essa "necessidade" de vencer sempre e a qualquer custo. É melhor ser maduro o suficiente para entender que, na vida, o importante é a superação diária – ou seja, ser vencedor para si mesmo.

Virgem: o perfeccionismo

Se o nativo sonha com a evolução pessoal, a alternativa é abandonar a mania de querer chegar a um lugar inatingível. Virgem precisa parar de se cobrar muito e adotar um olhar "severo" sobre si mesmo e sobre as demais pessoas. Ser mais leve, alegre e se orgulhar com os resultados e conquistas lhe farão um bem danado.

Libra: a dificuldade de dizer "não"

Sabe aquela história de só dizer "sim", mesmo quando a vontade é soltar um "não"? Pois este é o grande drama de Libra. Essa necessidade de agradar tudo e todos precisa ficar para trás, junto com 2018. O melhor é, no novo ciclo, ter um olhar mais generoso para si mesmo, praticando bastante o amor-próprio e se voltando para as necessidades particulares.

Escorpião: a necessidade de controle

Pergunte a Escorpião alguma particularidade que o incomoda e muito provavelmente a resposta será a obrigação de controlar tudo à sua volta – inclusive a vida dos outros. Eliminar o desejo de posse, ser mais livre, capaz de compreender e agradecer tudo o que estimular o desapego farão do escorpiano uma pessoa melhor em 2019.

Sagitário: o exagero

Os excessos sagitarianos ficariam melhor se arquivados na história. Falar demais, comer exageradamente, beber até se acabar, gastar impulsivamente são situações que têm de ser riscadas do registro de vida de Sagitário. Em vez disso, vale canalizar essa energia excessiva, cuidando mais da saúde física, espiritual e mental.

Capricórnio: a seriedade

2019 bem que poderia ser o ano em que Capricórnio mais vai se divertir. O que o impede? Ele mesmo. Depende só do capricorniano eliminar a responsabilidade exagerada do seu dia a dia. O nativo deve deixar esse peso que carrega nas costas, com tanta preocupação em relação ao futuro e se permitir ser mais feliz.

Aquário: a obrigação de ser dono da verdade

Quem nasceu sob o signo de Aquário carece desfazer esse hábito de querer ter sempre a razão, negando mudar opinião até que lhe provem o contrário. Bom será se, em 2019, estiver mais disponível para ouvir os outros, sem pré-julgamentos, e aceitar outras ideias sem tanta restrição.

Peixes: a ilusão

O nativo de Peixes precisa abandonar seus "óculos cor-de-rosa" e a facilidade de se iludir. Assim, vai deixar de criar altas expectativas e acumular frustrações. Ser mais realista, usar a imaginação de modo produtivo e enfrentar desafios com maior consciência são desafios positivos para o pisciano.

Claudia Dias, colaboração para Universa.

Sobre o blog

Curiosidades, listas e previsões: tudo sobre os signos do zodíaco.