menu
Topo
Alto Astral

Alto Astral

Categorias

Histórico

Mercúrio retrógrado: lá vem ele de novo! Saiba o que será afetado

Universa

17/11/2018 04h00

Mercúrio em Libra faz com que encaremos as discussões querendo ouvir o outro (Foto: iStock)

Nesta sexta-feira, dia 16 de novembro, começou o último período de retrogradação do planeta Mercúrio em 2018, fenômeno que ocorre a cada três meses. A retrogradação dos planetas é, na verdade, uma percepção humana, que se dá a partir do ponto de observação celeste aqui da Terra. Nenhum planeta no espaço estaciona e muda de rotação, ou "anda para trás", de fato. Para a linguagem simbólica, que é a Astrologia, tudo que vemos ou observamos tem um significado, mesmo que não seja uma verdade astronômica.

Mercúrio é um planeta pessoal, ou seja, que afeta nossas ações e sentimentos diretamente, além de ter seus efeitos mais facilmente sentidos por nós. O astro rege principalmente a comunicação, mas também as viagens, negociações e até mesmo os aparelhos eletrônicos, por isso existe a má fama de que, quando está retrógrado (andando para trás), tudo dá errado. Mas não é bem assim! Nenhum acontecimento astrológico é puramente negativo, todos servem para aprender e reavaliar atitudes e pensamentos. Toda retrogradação é um momento importante de revisões, basta estar atento e aberto.

Veja também

O fenômeno começa dia 16 de novembro aos 13 graus do signo de Sagitário, e segue por três semanas, até o dia 7 de dezembro. Essa parada é importante pois marca o grau exato do zodíaco que o planeta voltará a sua atividade após o período de retrogradação, quando já estiver em movimento direto.

O fato acontece num signo em que tradicionalmente Mercúrio está sem "dignidade", já que Sagitário é oposto complementar de Gêmeos, de elemento ar. Ambos, Mercúrio e Sagitário, dizem respeito a processos de aprendizagem e ensino, leis, documentos, mobilidade, transportes e comunicação. É nesta esfera de significados que vamos observar as manifestações da retrogradação, tanto a nível nacional, mundial e político, quanto a nível individual e pessoal. Para além do sentido geral do acontecimento, através do mapa astral de pessoas ou empresas, fica mais perceptível como cada um será afetado pelo fenômeno. O ascendente também é um ponto importante a ser observado.

Mercúrio está em aspecto desafiador a Netuno, e também receberá aspecto da Lua, ambos fatores considerados aquáticos, que simbolizam sonhos, ilusões, universo não verbal, doméstico e espiritual, tudo aquilo que é representado pelo elemento água. Além disso, faz aspecto desarmônico aos nodos lunares, que são pontos de eclipse. Há quem diga que quando isso acontece, se manifestam símbolos de confusão e falta de clareza com os assuntos regidos por Mercúrio e Sagitário.

Tome tento!

Não é preciso pensar muito para saber que é mais do que necessário ter sempre um plano B, C e até D quando Mercúrio está retrógrado, não é mesmo? Estar atento a tudo que requer assinaturas como documentos, viagens, compras e outras reservas é importante também. Sabe aquela compra um pouco incerta, sem tanta necessidade ou utilidade? Também pode esperar um pouco, principalmente se forem pacotes turísticos ou aparelhos eletrônicos. Há uma grande chance de você se arrepender depois ou as coisas não saírem como o esperado. Netuno em jogo também pode trazer diagnósticos médicos incertos.

Para um evento que entra em ação durante um feriado prolongado, é muito importante estar atento a riscos marítimos, fiscalização nas estradas, excesso de consumo alcoólico e mal entendido entre estranhos, assim como com familiares e amigos. Os riscos são reais, por isso é importante estar atento.

Para Brasília, o mapa astral do fenômeno acontece na casa 6, que representa o funcionalismo público, especialmente guarda civil e policial, além de assuntos de saúde pública. Para a política o trânsito faz com que novas leis ou decisões nessas áreas sejam revistas. Aquelas que forem tomadas durante este Mercúrio retrógrado poderão ser revistas também em dezembro, causando confusão ou insatisfação popular.

Os signos solares e ascendentes que mais sentirão este efeitos são justamente os regidos por Mercúrio e Júpiter: Sagitário, Virgem, Gêmeos e Peixes. Porém, o recado serve para todo mundo. Por isso, anote na agenda e fique atento!

Nando Boston Guimarães, em depoimento para Camila Eiroa, em colaboração para Universa

Sobre o blog

Curiosidades, listas e previsões: tudo sobre os signos do zodíaco.