menu
Topo
Alto Astral

Alto Astral

Categorias

Histórico

Marcia Fernandes indica as melhores escolhas para o casamento perfeito

Universa

30/09/2018 04h00

Felizes para sempre com uma ajudinha de Marcia Sensitiva (Foto: iStock)

Quem está planejando casamento e já criando pastas temáticas com referências infinitas no Pinterest deveria considerar um outro ponto durante os preparativos, além do gosto pessoal. É que certos detalhes podem atrair energias diferentes, desde a definição da data até a seleção das flores e cores na decoração da cerimônia.

Quer que tudo saia perfeito, não só nesse dia tão importante, como também na vida a dois? A astróloga, numeróloga e sensitiva Márcia Fernandes revela as melhores escolhas para o casamento ideal.

Veja também

A melhor data

Segundo a numerologia, a data perfeita é aquela que, somados dia, mês e ano, resulta em 6. "Este número vibrará harmonia, equilíbrio, formação de família para o casal e traz afeto, estabilidade, cumplicidade e companheirismo", aponta Marcia. Para chegar ao resultado, some todos os numerais das datas cogitadas. Por exemplo, com 12 de outubro de 2018, temos: 1+2+1+0+2+0+1+8=15 e 1+5= 6.

Já a melhor opção na semana é a sexta-feira, considerado o dia do amor verdadeiro, sublime e incondicional. "É dedicado a Vênus, também chamada Afrodite, que é a deusa do amor no antigo culto greco-romano", acrescenta a especialista. As demais alternativas podem influenciar de maneira bem diferente:

  • Segunda-feira: dedicada à Lua, o astro das noivas, traz saúde para o casamento.
  • Terça-feira: atrai brigas e discussões. Melhor evitar.
  • Quarta-feira: chama sabedoria e diálogo. É uma boa alternativa.
  • Quinta-feira: induz à união por interesse ou somente assuntos financeiros para o casal.
  • Sábado: apesar de muito procurado, é um dia de ajuste de kharma.
  • Domingo: abre a energia de expansão e crescimento para os noivos. É ótima opção.

Além disso, a escolha do mês traz influências distintas, sendo maio a melhor opção. Como explica Marcia, não é à toa que o mês se manteve por tanto tempo como um dos preferidos entre a turma casamenteira.

"No antigo povo celta, maio era o mês da celebração dos rituais de fertilidade e união e, desde esse tempo, acabou atraindo esta energia, além de atrair felicidade", esclarece. Para os outros meses, pode-se esperar:

  • Janeiro: traz afeto, gentileza e fidelidade.
  • Fevereiro: é o melhor mês para a tomada de decisão.
  • Março: puxa instabilidade.
  • Abril: promete sorte e fidelidade.
  • Junho: chama sorte em viagens para os noivos, protege o amor e a lua de mel.
  • Julho: significa trabalho árduo para prosseguir na vida, com muitos altos e baixos.
  • Agosto: faz com que vida conjugal seja repleta de mudanças repentinas.
  • Setembro: resulta em riquezas e alegrias para os noivos
  • Outubro: quer dizer muito amor, mas também problemas financeiros.
  • Novembro: é felicidade temporária.
  • Dezembro: representa amor duradouro.

Se puder escolher, o melhor é realizar tanto a cerimônia civil quanto a religiosa na mesma data. "Assim, o casal terá uma única energia numerológica e astrológica direcionando a relação. Dois dias diferentes podem trazer incompatibilidade para eles, bem como problemas de oscilação financeira", argumenta Marcia.
Também vale evitar determinadas ocasiões ligadas à astrologia e à numerologia, como quando Mercúrio encontra-se retrógrado, pois pode atrair problemas de comunicação, mentiras, brigas, desentendimentos e desarmonia, ou a soma da data resulte em 9, o que oferece o risco de levar à separação do casal.

Não é exagero evitar datas como sexta-feira 13, tida no inconsciente coletivo como um dia de mau agouro, presságio que as pessoas acabam transferindo para o casal. "Existe a crença ainda de que não é bom casar em ano bissexto, porque é certo que o casal irá se separar", acrescenta a sensitiva.

O lugar da cerimônia

De acordo com Marcia, o local não traz influências, mas optar por praia ou espaços religiosos é sempre garantia de energia extra. "Gosto muito da praia porque a mamãe Iemanjá, a mãe de todos, a dona do lar, vai cuidar do casal em todos os sentidos, trazendo amor, filhos. E igreja, sinagoga, qualquer culto evangélico, tudo é a casa de Deus, o que também é muito propício", recomenda.

As flores da decoração

Tanto quanto beleza, as flores atraem diferentes energias e vibrações para o relacionamento. Entre as mais indicadas para decorar espaços e integrar o buquê da noiva, estão:

  • Lavanda: afasta o sentimento de tristeza e angústia da alma.
  • Girassol: atrai dinheiro e prosperidade para a vida.
  • Rosa: representa carinho, ternura e está associada ao amor.
  • Gérbera: simboliza alegria, pureza, simplicidade.
  • Lisianthus: ligada ao romance e à entrega amorosa.
  • Margarida: é símbolo da inocência e virgindade, representando pureza e paz.
  • Astromélia: remete à saudade, gratidão, desejo de amizade eterna, felicidade plena, paz e união.
  • Lírio: filtra as energias negativas do ambiente e das pessoas presentes. Significa paz, respeito, harmonia, pureza, inocência, tranquilidade, nobreza
  • Orquídea: exprime amor, beleza, força, requinte, perfeição, sabedoria, pureza espiritual. É ótima para quem deseja organizar a vida.
  • Copo-de-leite: traz alegria e pureza aos ambientes.
  • Gipsófilas (mosquitinho): atrai muito dinheiro e felicidade – é ideal usá-la em tudo.
  • Tulipa: a vermelha simboliza declaração de amor verdadeiro e eterno; a amarela, a luz do Sol e a energia da prosperidade.

As cores

O casamento e o relacionamento como um todo também podem ser afetados pelas tonalidades adotadas na decoração:

  • Rosa: representa a ternura, a energia do amor e Vênus, a deusa do amor. É ideal para ambiente mais romântico.
  • Azul: retrata segurança, estabilidade, entendimento, tranquilidade. Trará a paz celeste ao casamento.
  • Verde: simboliza esperança, remete à natureza e representa a saúde. É a cor do crescimento, da juventude, fertilidade e vida nova a dois. Estimula calma e serenidade, inclusive na relação. Prefira tons claros para não deprimir (sem querer!) o ambiente.
  • Bege: descreve leveza, aconchego, conforto, calma e está associada ao clássico e à neutralidade.
  • Amarelo: desperta criatividade, carisma, alegria, entusiasmo e gratidão. Reduz o sentimento de ansiedade nas pessoas. É ideal para uma festa alegre, com disposição e energia, ao mesmo tempo em que desperta harmonia interior nas pessoas. Atrai a energia do dinheiro para o casal.
  • Laranja: proporciona felicidade no ambiente, sucesso, prosperidade, vitalidade. Representa entusiasmo, equilibrando as energias física e mental. Promove bem-estar, leveza, prazer pela vida – e também atrai a energia do dinheiro.
  • Lilás: remete à inspiração espiritual, proporciona purificação mental e emocional, elevando a voz interior e a intuição. Na decoração de casamento, transmite suavidade, harmonia, lucidez, integridade e tem o objetivo de organizar a família.
  • Dourado: ligada ao ouro, à riqueza, à bonança, simboliza muita sofisticação, luxo. Atrai a energia da prosperidade e do dinheiro.

Ah! Se a ideia é indicar uma cor única para as madrinhas usarem, prefira rosa e bege, que simbolizam Vênus, a deusa do amor, da paixão e da beleza.

Rosário e cristais trazem energia extra

Marcia Fernandes pontua ser bastante recomendado à noiva carregar um rosário de pérolas, simbolizando Nossa Senhora e Iemanjá – relacionada à Nossa Senhora da Conceição. Nas mãos, ainda indicam-se flores brancas e miúdas, a fim de atrair a energia do dinheiro.

Além de bela, uma coroa de cristal tem o poder de trazer o amor verdadeiro para a vida da noiva – consequentemente, o sentimento será forte entre o casal. "O cristal na cabeça vai trabalhar com todas as cores do universo, pois puxará as sete cores. Irá trazer muito amor, amor, amor, alegria e muita sorte ao casal", frisa Marcia.

Energizar e "limpar" o ambiente da festa também é possível, mantendo escondidos 4 copinhos, um em cada canto do ambiente da festa, contendo chá de boldo e 6 cravos-da-índia.

Com o mesmo propósito, nos arranjos de flores da igreja, acrescente um galhinho de boldo em cada um deles. "O boldo é a erva que representa Jesus Cristo, portanto, o casamento será energizado com as bênçãos da divindade", explica Marcia.

Banhos especiais para os noivos

É interessante promover a energização e limpeza espiritual dos noivos antes da cerimônia no religioso, mais especificamente na véspera. A dica é, um dia antes, preparar e tomar um banho com 2 litros de água e 10 folhas de boldo. Para tanto, macere bem as ervas na água, com as mãos, e leve tudo ao fogo. Deixe amornar, coe e banhe-se da cabeça aos pés, após o banho higiênico. É importante não tomar nenhuma outra ducha antes de dormir.

Já na véspera da cerimônia do casamento no civil, outro tipo de banho ajuda a quebrar qualquer tipo de energia ruim e negativa. Nesse caso, use um punhado de alecrim, poejo e guiné – em torno de 50 gramas de cada erva. Coloque-as em 2 litros de água e faça um chá – deixe amornar, coe e banhe-se do pescoço para baixo, logo após a ducha higiênica e antes de dormir.

 

Sobre o blog

Curiosidades, listas e previsões: tudo sobre os signos do zodíaco.