Topo

Histórico

Categorias

Seu signo diz mais sobre sua saúde do que você imagina

Universa

26/04/2018 08h00

Por Claudia Dias

Sabia que certas peculiaridades da saúde encontram justificativas na astrologia? Isso significa que seu signo é capaz de revelar padrões que explicam por que é acometido por determinados problemas (ou doenças) e, também, a razão de uma pessoa ter a imunidade muito melhor que outra.

Veja também:

Segundo o astrólogo Victor Augusto de Souza, existe até uma ramificação chamada Astrologia Médica e Psíquica que estuda como astros, signos e as disposições interiores podem contribuir para o bem-estar e a saúde de alguém.

Além disso, cada signo tem relação com partes específicas do corpo, em razão da mitologia que envolve as casas do horóscopo. A seguir, com ajuda do especialista Victor, apresentamos os pontos fracos e fortes dos signos no quesito saúde.

Áries

Como primeira casa, o signo é a energia do impulso, aquele que abre espaço. No corpo humano, representa e rege a cabeça, que é ligada à força, seja intelectual ou física. Por isso, é comum que o nativo de Áries tenha dores de cabeça ou, por ser nervoso, apresente pressão nos olhos, enxaqueca e até cortes nessa parte do corpo, justamente por causa dessa energia de guerreiro agitado. Mas como todo guerreiro, seu organismo é forte, resistente a infecções, bactérias e tudo aquilo que, de alguma forma, tem a ver com um ataque.

Touro

A energia de Touro está ligada à absorção e, no corpo, se relaciona com  o pescoço, a garganta e os processos digestivos. É provável que tenha irritações e sensibilidade de intestino – basta comer algo que não bate bem para sofrer com uma diarreia, por exemplo. Por não querer ferir quem ama, muitas vezes o taurino guarda suas emoções e sentimentos e isso acaba se revertendo em problemas na garganta. Aspecto positivo do signo: como tem essa energia de absorção, costuma ter uma vida longa.

Gêmeos

A força que flui é a sua marca. Com Gêmeos, tudo o que representa o ar (seu elemento regente), o entrar e o sair do corpo, pode afetar sua saúde. Pulmões, braços, mãos, ombros e nervos (que movimentam o ar) são mais frágeis no geminiano. Ele pode apresentar uma asma provocada por ansiedade, alertando que não está num ritmo bom de vida, por exemplo. O lado positivo é que tem flexibilidade para buscar e aceitar tratamentos alternativos, além de certa proteção para encontrar o melhor médico e o recurso mais indicado para sua saúde.

Câncer

Com ele, estômago, peito e, na mulher, toda parte dos ovários e seios têm maiores chances de problemas. Câncer é energia materna e o signo retém essa energia, o que pode resultar em intestino preguiçoso, disposição para resfriado e diminuição da vitalidade, como forma de autoproteção. O canceriano tem uma força de recuperação e regeneração muito forte, já que é um signo que traz vida (por reger as mães), com facilidade para reconstituir a saúde.

Leão

Como é o signo de energia, de movimento e de expressão, rege principalmente o coração e tudo aquilo que representa a estética "social" da pessoa – a força do cabelo ou do corpo, por exemplo. Problemas comuns no leonino incluem arritmia e outros transtornos cardíacos e colesterol. Leão tem um certo pavor da morte, então, mesmo que adoeça, sua vitalidade típica servirá de impulso para correr atrás da rápida recuperação.

Virgem

É um dos signos mais ligados à saúde, a ponto de existirem muitos médicos e enfermeiras nascidos nesta casa. Por essa ligação forte, costuma apresentar preocupações excessivas com a boa disposição física. Virgem rege o ventre e os órgãos de assimilação (intestinos, mucosas do corpo, aparelho digestivo etc). Assim, não é raro o nativo ter problema intestinal ou mesmo alergias e inflamações provocadas por bactérias, vírus e agentes alérgicos. Como está sempre atento aos aspectos saudáveis, segue os tratamentos com avidez, facilitando a cura.

Libra

Rege os rins (que, na medicina chinesa, são associados às emoções) e toda a parte "estética" da pele, relacionada à aparência da pessoa. Como o nativo de Libra tem muito medo da forma como é visto e compreendido, pode se reprimir e até adoecer por problemas renais. Quando se sente motivado para cuidar da saúde, consegue se apegar e se dedicar ao tratamento. Nesse quesito, a alegria pode ser uma das formas de se manter firme e aceitar situações que impliquem seu bem-estar.

Escorpião

Tem relação com os órgãos sexuais e as partes que representam eliminação no corpo, como ânus, nariz, bexiga. É suscetível a todas as doenças sexualmente transmissíveis (DST) e problemas no intestino (ou preso ou solto demais) e nas áreas genitais. Escorpião também manifesta muita verruga e erupções na pele. Mas é um dos signos mais intensos e com mais força para suportar situações de saúde difíceis. Sua força de regeneração e de cicatrização é bastante forte.

Sagitário

Sagitário é ligado à força e a tudo que remete a um movimento mais robusto (como se fosse um cavalo). Isso explica a ligação com coxas, nádegas, quadril e fígado, já que o signo tem energia do que vai proporcionar uma ação mais bruta. Chega a ser mais predisposto a se machucar nestas partes do corpo. Seus aspectos positivos: consegue buscar conhecimento ou informações que levem à cura , além de estar sempre atrás de informações (só vai parar quando encontrar).

Capricórnio

O nativo sofre com "doenças de terceira idade" no joelho e na coluna, principalmente. Isso ocorre porque Capricórnio, nos arquétipos, tem ligação com Saturno – que na Mitologia é um "senhor", um velho. Então, independente da idade do capricorniano, revela fragilidade óssea e quantidade de vitamina desregulada no organismo. Em contrapartida, é um signo que vive bastante tempo, por sua resistência. Só precisa ficar atento para não paralisar na vida e ter dores crônicas justamente por não movimentar o corpo.

Aquário

Por ser  o grande "libertador" da astrologia, Aquário é um signo que rege pernas, tornozelo, sangue, costas, nervos. Também tem relação com o sistema imunológico das pessoas. É comum sofrer abalos no sistema nervoso (estresse ou crise de ansiedade) e resfriados frequentes – frutos dos ataques recorrentes à sua imunidade. Mostra-se aberto a tratamentos de ponta e alternativos para alcançar a cura, o que é bem positivo.

Peixes

Sua relação é com os pés, as mucosas e a linfa. Como é último signo do zodíaco, tem uma questão da energia e vitalidade, que reflete na parte hormonal. Peixes é bem ligado à saúde, então somatiza muito rápido as situações. Pode acontecer de, às vezes, passar por um momento de sofrimento, adoecer e não perceber que a doença nasceu naquela dor emocional. Mas como é muito intuitivo, consegue perceber qual movimento tem de fazer para se curar, mesmo que seja um repouso necessário para a recuperação.

 

Sobre o blog

Curiosidades, listas e previsões: tudo sobre os signos do zodíaco.

Alto Astral