Topo
Alto Astral

Alto Astral

Categorias

Histórico

Astrologia para iniciantes: 10 coisas que todo novato precisa saber

Universa

16/06/2019 04h00

(iStock)

Quem cai de paraquedas costuma ficar perdido diante das muitas informações relacionadas à astrologia. Não é para menos: são tantos termos, definições e aplicações que um novato no assunto leva um tempinho até começar a entender esse universo.

Resumo da conversa, a astrologia estuda os comportamentos e personalidades, através do posicionamento dos astros. Também é responsável por designar a forma que cada pessoa convive e se relaciona com os demais.

Veja também

Para ajudar na tarefa de desbravar os assuntos astrológicos, conversamos com especialistas que listam 10 tópicos que todo iniciante precisa saber sobre a prática.

  1. Signo solar nada mais é que um dos 12 signos que toda pessoa conhece, definido a partir da data de nascimento. Corresponde à posição do Sol naquela ocasião. "O Sol determina a verdade interior, as motivações e características principais das pessoas", explica Serena Salgado, astróloga do Astrocentro.
  1. Outro conceito muito importante é o ascendente, que é a parte que representa "quem cada pessoa transparece ser", ou seja, o lado de expressão da personalidade. "O signo que estiver no horizonte, no momento exato do nascimento, é o que apontará o ascendente da pessoa. Esta parte da personalidade torna-se muito evidente na fase madura, principalmente depois dos 28 anos", diz Brendan Orin, também astrólogo do Astrocentro.
  1. Astrologia não é o mesmo que horóscopo. "Na verdade, o horóscopo analisa apenas o Sol de forma diária, ou seja, horóscopo é uma das inúmeras técnicas que a Astrologia possui para analisar o céu astrológico", observa Victor Augusto de Souza (@victorsouzank).
  1. A astrologia é tão completa e complexa que conta com vários ramos – como se fossem especialidades. Há, por exemplo, Astrologia Eletiva, que fala sobre você escolher os melhores momentos para casar, abrir um negócio ou definir a data de uma cirurgia; a Sinastria, que é a análise de mapas para relacionamentos, e até Astrologia Empresarial, voltada para os negócios, como explica o astrólogo Victor.
  1. Inferno astral é um termo atribuído ao período de enfraquecimento da energia de cada pessoa, que ocorre no mês anterior ao aniversário. "É justamente porque se trata do último mês antes de passarmos por nossa renovação de energia, que acontece no reinício do ciclo, na nossa data de nascimento. Assim, quando chegamos neste período que antecede o aniversário, estamos cansados e muito mais vulneráveis a energias negativas", aponta Serena.
  1. Mapa astral é qualquer mapa de astrologia. Há vários deles, como: o natal, que é registro fotográfico do momento exato do nascimento, e o mapa da concepção, que é de quando o indivíduo foi gerado e antecede o mapa natal. "Tem mapa astral de casamento, mapa astral de morte, mapa astral de doença… Basicamente, com a astrologia, é possível analisar qualquer ponto da vida", revela Victor.
  1. O horário de nascimento é uma informação importante, já que é através dele que se tem um registro do posicionamento do céu naquele momento. Isso é essencial para definir as influências que os demais planetas trarão para a vida da pessoa. "A partir daí, é possível enxergar as energias e influências que a pessoa terá em vida. Pode-se dizer até os traços mais fortes da personalidade", garante Serena.
  1. Os planetas são, basicamente, os astros que influenciam a vida humana. Cada um deles é a representação de determinada área da vida e os signos que estiverem posicionados nestes planeta serão os que vão guiar a maneira de lidar com tais interesses. "Ou seja, os planetas nos signos vão determinar a abordagem que você usará para conquistar seus objetivos. Até o que você gostará de fazer será influência dos planetas", exemplifica a astróloga Yara Vieira.
  1. Vênus é responsável pelas questões do coração. A forma de conduzir um relacionamento, a felicidade do casal e mesmo a maneira de sentir prazer são guiados por Vênus e o signo posicionado ali. "Sabendo disso, é possível ajudar as pessoas em suas vidas amorosas, apenas pelo posicionamento de Vênus no mapa Astral e pela energia que transmite no dia", comenta Brendan Orin.
  1. Cada parte do mundo desenvolveu a própria forma de ler o céu astrológico. Por isso, existem a Astrologia Védica, que possui outros signos e utiliza e atualiza seus cálculos conforme o movimento da Terra; e a astrologia chinesa, que se aprofunda no estudo das estrelas, entre outras. "A que conhecemos é a Astrologia Ocidental", informa Victor.

Claudia Dias, colaboração para Universa.

Sobre o blog

Curiosidades, listas e previsões: tudo sobre os signos do zodíaco.

Alto Astral