PUBLICIDADE

Topo

Histórico

Categorias

Alto Astral

Brava, moderna, divertida ou sentimental? Conheça a mãe de cada signo

Universa

11/05/2018 04h01

Imagem: iStock

Algumas mimam, outras são mais rígidas e existem até aquelas que se enxergam como amigas. A seguir, veja como cada signo reage à maternidade e o que eles revelam sobre criar filhos. 

Áries (21 de março a 19 de abril)
As mães desse signo, o mais impaciente do zodíaco, são guerreiras e criam os filhos para serem independentes e corajosos. Se o filho for um aventureiro ou líder nato tem a quem puxar. No entanto, por seu excesso de sinceridade e braveza, muitas vezes magoam as crianças mais sensíveis e medrosas. Tolerância com birras e erros também não é com elas.

Touro (20 de abril a 20 de maio)
Carinhosa e muito generosa é a típica mãe que gosta de ajudar os filhos a se desenvolverem, como mimá-los com beijos, abraços e guloseimas. Porém, não chega a ser pegajosa. Está mais para a mãe amiga e presente, que sabe puxar a orelha quando necessário. Seu pior defeito talvez esteja relacionado à alimentação, que para ela é encarada como engordar os filhos.

Gêmeos (21 de maio a 20 de junho)
Pense numa mãe eclética e intelectual. É a geminiana! Entre suas muitas qualidades, a de instigar os filhos a conhecerem e participarem de atividades que estimulem o raciocínio é a que mais se destaca. Por ser muito comunicativa, também é ótima conselheira e orientadora. No entanto, é muito avoada, pouco prática e, por ser hiperativa, tenta acelerar o ritmo da cria.

Câncer (21 de junho a 22 de julho)
As nativas desse signo são consideradas as mãezonas do zodíaco. São extremamente amáveis, protetoras e atenciosas. Fazem de tudo pelos filhos, que são para elas, assim como a família, os bens mais preciosos do mundo. Porém, excesso de atenção e cuidados podem desencadear nelas atitudes controladoras como deixar os filhos medrosos e superdependentes.

Leão (23 de julho a 22 de agosto)
Assim como uma leoa, essa mãe protege os filhos com unhas e dentes e tem como missão criá-los para se tornarem fortes, talentosos e exemplares: os melhores! Por toda vida irá tratá-los do mesmo jeito, como cópias dela mesma. É uma mãe boa e apaixonante, mas às vezes muito narcisista e geniosa. Gosta de estar a par de tudo, palpitar e sobrepor suas vontades.

Virgem (23 de agosto a 22 de setembro)
Certinha e preocupada com questões que envolvem saúde e bem-estar, essa mãe se mantém sempre atenta a temas como higiene, nutrição e segurança dos filhos. Perfeccionista, também busca ser prática no dia a dia e tem uma forte inclinação para inventar e consertar coisas que facilitam sua rotina. Quanto aos aspectos negativos, costuma ser exagerada e muito crítica.

Libra (23 de setembro a 22 de outubro)
Os filhos dessas mães geralmente são os mais educados, bem arrumados e sociáveis. Também, as librianas fazem de tudo para que suas crias sejam aceitas e admiradas por todos. Buscam transmitir valores e ensinamentos a vida inteira, mas não fazem o tipo linha-dura, apesar de serem exigentes. Como associam amor com respeito, não têm o hábito de paparicar muito.

Escorpião (23 de outubro a 21 de novembro)
Intensidade define essa mãe, que ama e protege muito, mas também castiga como ninguém. Desde que seu filho é pequeno, a escorpiana busca ensiná-lo a cumprir regras e acordos. Se ele vacilar, não tem desculpa nem choro, pois ela pune. Porém, seu ponto fraco é o ciúme. Ao não receber a atenção desejada, faz de tudo. Fica em cima, chantageia, ou dá carinho até sufocar.

Sagitário (22 de novembro a 21 de dezembro)
Por levar a vida com leveza e liberdade, a mãe sagitariana incentiva os filhos a viajar, praticar esportes e explorar a natureza. Entre suas principais qualidades, destacam-se o bom humor, o otimismo e a generosidade. Porém, por ter também um lado atrapalhado e até desorganizado, apresenta certa dificuldade em cobrar disciplina, como estabelecer limites e regras.

Capricórnio (22 de dezembro a 19 de janeiro)
Para essa mãe, os deveres são mais importantes que as brincadeiras. É que, além de muito responsável, ela é dedicada e deseja que seus filhos aprendam logo cedo a serem esforçados. Quem vê de fora, pode achá-la um pouco séria, ou até apegada demais às questões materiais, mas é que sob sua ótica, dar amor é ensinar o valor das coisas e não deixar faltar nada em casa.

Aquário (20 de janeiro a 18 de fevereiro)
Crescer com uma mãe aquariana é aprender sobre amizade, respeito à diversidade e liberdade individual. É que ela é muito excêntrica, evoluída e desencanada. Seus filhos a enxergam como uma mulher à frente de seu tempo, moderna e incentivadora. Mas a mãe aquariana também tem defeitos. Além de ansiosa, ela é travada em demonstrar afeto, o que a faz parecer fria.

Peixes (19 de fevereiro a 20 de março)
Doces, criativas e sensíveis são as mães piscianas, que adoram explorar tanto a imaginação, como a veia artística e a espiritualidade dos filhos. Porém, como são muito apegadas a eles, não sabem cobrá-los, nem lidar muito bem com a indiferença e a rebeldia, tão marcantes na adolescência. Por isso, identificam-se mais com os bebês e as crianças, seus verdadeiros xodós.

Fonte: Jacqueline Cordeiro, astróloga, escritora e editora do blog esoterissima.com.br.

(Por Léo Marques, colaboração para a Universa)

Sobre o blog

Curiosidades, listas e previsões: tudo sobre os signos do zodíaco.

Alto Astral